Pernambucanos participam de palestras no maior festival de inovação e criatividade do Brasil

O Festival Path está em sua sexta edição e acontece nos dias 19 e 20 de maio, na cidade de São Paulo

 

O Festival Path, que acontece há seis anos na capital paulista, tem o objetivo de reunir a comunidade criativa de todo o país e estimular a criação de novas formas de pensar, agir e se relacionar com diversos temas do universo da inovação e criatividade. Este ano, o encontro acontece nos dias 19 e 20 de maio, com o tema “Ideias que trocam ideias”, e conta com três palestras compostas por pernambucanos indicados pela empresa recifense Proa Cultural.

Idealizado pela agência O Panda Criativo, o Festival tem atividades simultâneas espalhadas por pontos culturais do bairro de Pinheiros e oferece uma programação com mais de 500h de conteúdo variado, entre palestras, shows, mostra de filmes, feiras e outras atividades. A proposta do projeto é que o circuito possa ser feito a pé, criando um ambiente propício para trocas e conexões. A expectativa é de agregar cerca de 20 mil pessoas nos dois dias de evento.

A Proa, empresa de Marketing Cultural e Projetos e a primeira de economia criativa embarcada no Parque Tecnológico do Porto Digital, foi convidada pelos sócios e idealizadores do Path, Rafal Vettori e Fabio Seixas, a fazer parte da curadoria das palestras pernambucanas no Festival. A parceria rendeu a participação de seis convidados de Pernambuco.

Os escolhidos para participarem do encontro foram: Mariana Amazonas, que desenvolve projetos de Jardins Filtrantes, uma tecnologia natural e referência mundial no tratamento de águas poluídas; Helder Vasconcelos, músico, ator e dançarino formado nas tradições do Cavalo Marinho e do Maracatu Rural; Giordano Cabral, vice-presidente do Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife (CESAR) e referência em inovação e tecnologias musicais; Filipe Calegario, um dos fundadores da Batebit Artesania Digital, empresa que trabalha na interseção entre tecnologia, música e dança; Simone Jubert, Mestre em Comunicação Social, trabalha com cinema e é consultora da área de Economia Criativa do Porto Digital; e Guilherme Calheiros, Diretor de Inovação e Competitividade do Porto Digital.

Guilherme e Simone se unem para ministrar a palestra “Fora do eixo: o grande centro tecnológico de Recife” no dia 19, mostrando que nem só do recorte Rio-São Paulo vive a inovação brasileira. Já no segundo dia do evento, Helder, Filipe e Giordano apresentam a palestra “Quando a música encontra a computação” e conversam sobre as possibilidades inovadoras que essa mistura pode trazer. E Mariana Amazonas vai explicar tudo sobre a tecnologia francesa na qual as plantas são o principal agente de tratamento das contaminações, no dia 20, com a palestra “Jardins flutuantes: a forma natural de tratar água, solo e ar já chegou ao Brasil”.

Já participaram do Festival Path nomes como Marcelo Tas, Gilberto Dimenstein, Gaby Amarantos, Mariana Aydar, MetáMetá, Marina Person, Clarice Falcão, Regina Casé, Marcelo Rosenbaum, Antonio Tabet, entre outros. A programação deste ano já está no site www.festivalpath.com.br.

 

SERVIÇO

 

Palestras pernambucanas no Festival Path:

– Fora do eixo: o grande centro tecnológico de Recife | Com Guilherme Calheiros e Simone Jubert

Instituto Tomie Ohtake – Avenida Brigadeiro Faria Lima – Pinheiros, São Paulo

19/05 | 16:15 – 17:15

– Quando a música encontra a computação | Com Helder Vasconcelos, Filipe Calegario e Giordano Cabral

Instituto Tomie Ohtake – Avenida Brigadeiro Faria Lima – Pinheiros, São Paulo

20/05 | 11:15 – 12:15

– Jardins flutuantes: a forma natural de tratar água, solo e ar já chegou ao Brasil | Com Mariana Amazonas

FNAC Pinheiros – Praça dos Omaguás – Pinheiros, São Paulo

20/05 | 12:30 – 13:30