Jovens participantes do H2O Cine Recife têm filmes exibidos na França

Entre agosto e setembro de 2016, a Proa Cultural realizou, em parceria com o Ateliers Varan e o Porto Mídia, a oficina de documentário H2O Cine Recife. Entre os dez curtas produzidos, três foram selecionados e exibidos no 16º Festival Internacional de Filme Documentário de Cévennes em maio deste ano.

O Festival acontece no Sul da França e é um lugar de encontros, intervenções e debates entre diretores, jornalistas, produtores e público de todo o mundo. A cada ano, mais de cinquenta filmes são selecionados na produção mundial para serem exibidos no DOC-Cévennes. “Daqui não saio” de Isabelle Ribeiro, “Cidade Delírio” de Juliana Gleymir e “Dibuiar” de Thor Neukranz foram os curtas-metragens produzidos na H2O Cine Recife e representantes do Brasil no Festival.

“A experiência no DOC-Cévennes foi fascinante, extraordinária, superando toda e qualquer expectativa. O Festival é um evento sem fins lucrativos, as pessoas que estavam lá não estão por dinheiro, mas por amor ao cinema, isso muda tudo.”, conta o jovem realizador Thor, que vai ter seu curta exibido em mais dois festivais na França até o fim do ano. E acrescenta: “Só tenho a agradecer quem acreditou no meu talento e, direta ou indiretamente, me fez alcançar todos os meus objetivos naquele momento. Apesar de tudo isso não estou saciado. Quero voar mais alto, mas sem tirar os pés do chão.”